Sábado, 29 de Setembro de 2007

- - - 1º DE OUTUBRO de 2007.. DIA MUNDIAL DO IDOSO - - -

 

DIA MUNDIAL DO IDOSO

 

 

 

Em 1991 a Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu consagrar o dia 1 de Outubro como Dia Mundial do Idoso.

 

Foi o justo reconhecimento da importância dos idosos na sociedade contemporânea. A percentagem crescente de idosos (em Portugal, mais de 18% da população) resulta do espectacular aumento da esperança de vida, a qual cresceu 20 anos, em termos médios mundiais, na segunda metade do século passado.

 

Este alargamento da esperança de vida, associado a melhorias das condições de vida, dos cuidados de saúde, do nível cultural, de hábitos mais saudáveis, é uma grande conquista da nossa civilização, é uma conquista da Humanidade.

 

Evocar o Dia Mundial do Idoso significa registar com alegria esta grande conquista e manifestar uma atitude de simpatia e respeito para com os cidadãos idosos.

 

Sabemos como o 25 de Abril contribuiu para a melhoria geral da vida dos idosos portugueses. A Revolução de Abril provocou o alargamento e melhoria das reformas, criou a pensão social, estabeleceu o serviço nacional de saúde como serviço universal e gratuito, dignificou as condições de trabalho, fomentou a habitação social, criou preços especiais para idosos em transportes públicos, estimulou a criação de milhares de associações de reformados e idosos, deu conteúdo ao direito de envelhecer com dignidade.

 

Trata-se de importantes conquistas que foram fruto da luta e da perseverança dos idosos através das suas organizações representativas.

 

Muitas destas melhorias estão sendo afectadas ou reduzidas. Só pela sua unidade, só pelo seu envolvimento em acções comuns, poderão os nossos idosos defender as conquistas alcançadas e continuar a exigir o respeito dos seus direitos.

 

Nuvens negras pairam sobre estes. A reforma da segurança social em discussão ameaça as nossas pensões e as futuras. É feita com sacrifícios para os trabalhadores (redução das reformas e aumento da idade de reforma) sem nada se exigir aos patrões. O complemento solidário para idosos foi envolvido em tantas exigências que é diminuto o número dos que dele beneficiam (é só propaganda!). Têm estado a ser reduzidas as comparticipações nos medicamentos e a serem dificultadas as condições de isenção. Agora o Ministro da Saúde anuncia a intenção de aumentar outra vez as taxas moderadoras e de criar taxas em serviços hospitalares que têm sido gratuitos. É o retomar, desrespeitando a Constituição da República, da velha ideia de que “quem quer saúde paga-a”.

 

toloriga52@sapo.pt às 11:02
partilhar
1 comentário:
De Zé da Burra o Alentejano a 12 de Março de 2008 às 14:08
"AUMENTA-SE A IDADE DAS REFORMAS E DIFICULTA-SE O SEU ACESSO A PESSOAS COM DOENÇAS QUE A ACONSELHARIAM COM A JUSTIFICAÇÃO DO AUMENTO DA "ESPERANÇA DE VIDA", O QUE TAMBÉM É PENALIZADOR PARA OS JOVENS PORQUE O ACESSO AO EMPREGO FICA DIFICULTADO, DADO NÃO PODEM SUBSTITUIR A GERAÇÃO ANTERIOR NO EMPREGO.
Não acredito que a esperança de vida ainda esteja a aumentar, tenha vindo a subir mais pela redução drástica da “Mortalidade Infantil” do que da “Mortalidade Geral”.
Mas "Esperança de Vida" da actual população só será conhecida no futuro, quando forem feitas as estatísticas e depende das políticas de saúde que estão agora a ser adoptadas. As estatísticas referem-se ao passado.
Observa-se realmente em Portugal uma redução da “Mortalidade Infantil” e um aumento da "Esperança de Vida" a partir dos anos 60, a qual pouco subiu a partir dos anos 80, apesar da “Mortalidade Infantil” ter continuado ainda a diminuir. O facto de morrerem menos crianças durante a infância aumenta a “Esperança de Vida” mas não significa que os Portugueses vivam mais anos depois na idade adulta. Assim, aconselharia a verem de preferência as estatísticas da “Taxa de Mortalidade” (a infantil e a geral. Quanto à “Esperança de Vida”, o seu aumento é muito modesto depois dos anos 80: houve anos que subiu algumas décimas e outros em que até desceu. As estatísticas conhecidas estão em:
http://www.ics.ul.pt/investiga/projectos/sitsoc/cap/0115.htm
Quanto ao futuro, não deveremos prever melhorias nas estatísticas de "Esperança de Vida" e da “Mortalidade Infantil, tendo em consideração que os cuidados de saúde se degradam dia a dia com o fecho de Centros de Saúde, Hospitais, Maternidades, Urgências do SNS. Os que restam ficam mais longe e sobrecarregados. Há cada vez menos especialidades e médicos nos Centros de Saúde e nos Hospitais, assim como enfermeiros, auxiliares, etc.. Os que se reformam não são integralmente substituídos; A avaliação médica aos doentes nos Centros de Saúde é cada vez mais superficial, em virtude da quantidade de doentes a atender e as reduzidas verbas disponíveis para os exames auxiliares de diagnóstico. As comparticipações são também reduzidas por parte do Estado. Assim, os exames mais esclarecedores sobre as queixas dos doentes ficam por fazer ou são feitos já tardiamente; Criaram-se taxas de internamento. Muitos doentes já hoje deixam de comprar os medicamentos por serem muito caros para as suas disponibilidades. O estado reduz, enfim, a sua função sobre a saúde dos portugueses que têm em geral fracos recursos económicos para se socorrerem da medicina privada, também ela muito cara.
Quando factores determinantes para a saúde dos portugueses estão a piorar, como se poderá esperar um aumento na "Esperança de Vida"?


Comentar post

Bem Vindo - Jardim de Notícias

+ Canal nº 623131 – Tó Amaro TV. no MEO Kanal + ...

Neste momento: Usuários Online

.. .. free counters .. ..
.. ..

LINKS

" Passaro "

++

Vídeo.. Fotos de Loriga

...
..
+++. Mapa:Como chegar a Loriga ! ********** ......... +++++

. LIVRO DE VISITAS .

Guestbook

Tempo Online em Loriga

****

arquivos

 

LORIGA

Venha visitar Loriga Vila...

Marcha Popular da Csa. de...

Marcha Popular da Casa de...

VII Marcha Popular do Lar...

Marcha Popular de Loriga ...

Bodas de Prata Sacerdotai...

O ADEUS !!! Procissão das...

São estas Pequenas coisas...

Fotos Frequinhas acabadas...

Feira do Queijo na Cidade...

Associação Cultural AnimE...

Hoje 20 \ 01 \ 2017 logo ...

Fotos: S / Comentário - L...

Festa de Natal no Lar de ...

Venho Por Este Meio Desej...

Para Todo o Mundo Um Feli...

Visita á Freguesia da Cab...

XII Almoço Convívio dos B...

Chocalhada vésperas de S....

Confraria da Broa e Bolo ...

Cartaz da 6ª Festa das So...

Igreja Matriz da Vila de ...

Loriga vista da montanha ...

Chá Dançante alusivo ao D...

O MAIOR CHINELO DE PANO D...

Vídeo Relâmpago: Praia Fl...

Srª Aurora Antunes com 99...

XII Aniversário da Casa d...

" Vídeo " Sessão Solene n...

Sessão Solene no Salão No...

Fotos - Praia Fluvial e d...

Praia Fluvial de Loriga -...

Praia Fluvial da Vila de ...

Vila de Loriga a Suíça P...

Vila de Loriga .. 22/07/...

Praia Fluvial de Loriga ...

Praia Fluvial de Loriga ...

07 \ 08 \ 2016 . Festa e...

Noite de Fados no Adro da...

Festa em Honra da Nossa S...

Hastear bandeiras : 02 \ ...

Hastear bandeiras : 02 \ ...

Marcha Popular da Casa de...

Caminhada a pé até ao Cov...

Caminhada do Lampião - Fe...

Concerto da Banda de Lori...

Santa Missa e Procissão d...

Praia Fluvial da Vila de ...

Ultra Trail SERRA da ESTR...

Nossa Senhora de Fátima: ...